A pesquisa pretende analisar o imaginário dos jovens cariocas sobre Copacabana, enfatizando a possível multiplicidade de olhares em relação ao bairro.  Buscará também compreender o tensionamento acerca das construções simbólicas de Copacabana junto ao público supracitado, contemplando a "carioquice" ou "carioquidade" a partir de uma perspectiva antropológica.  É interessante observar que o sentimento suscitado pelo bairro de Copacabana resulta em geração de sentidos, levando a inúmeras reflexões que possivelmente ocupam o imaginário do jovem carioca. O conjunto de aspectos demonstrados e argumentados na futura tese evidencia a pertinência do objeto, da abordagem e do escopo teórico da pesquisa ao campo da Comunicação Social, com ênfase principalmente nos temas: cidade, identidade, imaginário, lugar, consumo cultural, juventude e sociabilidade.